sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Um novo ano.

Acabei de voltar de Buenos Aires. Passei lá oito dias.
Foram oito dias incríveis. Mesmo.
Por muitas vezes eu pensei em escrever algo, mas na correria da viagem e no cansaço que me batia ao entrar no quarto do hotel, deixei passar.
Eu tinha uma ideia bem boa, tentei ao máximo guardá-la. Posso até revirar as memórias agora e tentar vomitar algo, mas... Não sei...
Bem, um novo ano começou.
Achei que valia o marco aqui.
Um novo ano. Uma nova chance de eu voltar a escrever, de me revirar.
Vejamos o que isso me traz...