segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Cama.

Deitei e puxei o edredon, sentindo o camisetão se levantar até minha cintura.
Não me importei.
Afundei os cachos no travesseiro e me virei pro lado direito, com o corpo virado pra baixo, na intenção de estalar a parte interna da coxa esquerda.
Clac.
Respirei fundo e ouvi atenta o silêncio do apartamento.
Forcei as pálpebras, entrelacei os cílios.
Quatro horas para dormir e recomeçar a semana.
Minhas ancas e pernas numa dor latente.
Cansaço pré-semanal.
Sorri com aaaaahhh...que sono, acho que vou...

Natália Albertini.

Nenhum comentário: