domingo, 11 de julho de 2010

Dá pra imaginar como é.

A mesa revestida por uma toalha branca trabalhada em vermelho. Xícaras delicadas de porcelana sobre pires sutis.
Uma garrafa de Coca-Cola e um bule de café.
Um açucareiro.
Fatias de pão de nozes, crústule e broas de fubá.
Mãos sorridentes avançando para aquelas guloseimas e bebidas.
Gargalhadas e reprimendas sendo expelidas simultaneamente.
A cozinha de azulejos brancos transbordava vozes que se sobrepunham de maneira teimosa.
Família italiana falando durante o café da tarde.
Dá pra imaginar como é...

Ps.: adoooro! (:
Natália Albertini.

Nenhum comentário: