domingo, 20 de junho de 2010

Avidez turquesa.

Na fila, ainda escolhendo o filme, ao lado de sua namorada, ele a viu. Lá, ao longe.
Ela estava numa outra fila, ao lado duma garota menor muito parecida consigo mesma.
Vestia jeans, chinelos e uma camiseta verde com os dizeres "My boyfriend is out of town". Tinha o cabelo meio desgrenhado preso numa trança e uns olhos azuis faiscantes que se viam de longe.
Ela estava tão...
- Amor!! - sua namorada esganiçou a voz, indicando o guichê vazio.
Os pensamentos se foram.
Comprou dois ingressos para a próxima sessão.
Entrou na sala de cinema.
Caminhava tranquilamente de mãos dadas com seu compromisso pelo corredor já escuro.
Repentinamente, ela reapareceu em sua frente.
Uns dez centímetros mais baixa, com toda aquela sua natureza despreocupada que a fazia tão interessante e aquele seu perfume que nenhum frasco podia conter.
Teve dificuldade em segurar o forte impulso de abraçá-la pela cintura. Ademais, os ávidos olhos azuis que nem por um segundo tocaram seu corpo o ajudaram a conter-se.
Então, durante todo o filme - e até mesmo durante todo o resto daquela noite - desejou fervilhantemente que aquela que deitava a cabeça em seu ombro fosse ela, e não... ela.
Duas ou três vezes, aquela presença sem saltos e sem quilos de maquiagem aproximou-se dele, sem sequer o perceber.
Finalmente completou a reflexão que iniciara numa primeira instância: Ela estava tão desejavelmente cute...
Porra! E já tinha até enfiado inglês em sua cabeça.
Algo devia ser feito...
Por hora, apertou mais a namorada, sonhando que quando a olhasse a imagem fosse diferente...

Ps.: I saw you, darling. (:
Natália Albertini.

2 comentários:

Érico Cordeiro disse...

Natália,
Show de bola o seu blog. Você escreve muito bem, tem senso de humor, seu texto é inteligente e possui belas sacadas. Gostei da sua casa virtual e virei sempre por aqui - já estou seguindo!
Aproveito para convidar você e seus leitores a conhecer o blog JAZZ + BOSSA, com endereço:

www.ericocordeiro.blogspot.com

Valeu e até sempre!

Conversa Miúda disse...

Nossa, seria redundante dizer que adoreii o post?

;)