segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Vidros escuros.

Sentindo as gotas d'água caírem de leve em sua face, ela continuava ali, parada na calçada, esperando.
Xingou o mau tempo algumas vezes, baixinho.
As finas gotículas davam-lhe finos tapas nas pálpebras, nas coxas à mostra e nos braços, idem.
Distribui o peso do saudável corpo em ambos os pés, equilibrando-se felinamente nos saltos altos. Revirou o cabelo, úmido. Ajeitou a bolsa no ombro direito.
Estendeu o pulso esquerdo: 1h20 da manhã na luminosidade do relógio e ela ali, debaixo daquela garoa, esperando.
Ao longe, um carro preto de vidros escuros e som alto virou a esquina.
Ela deixou os xingamentos de lado e sorriu de canto, satisfeita e ansiosa pela noite por vir.
O carro encostou à sua frente.
Ela abriu a porta da frente e se jogou ali, deixando o cabelo e as roupas caírem de uma forma natural, deixando-a espontaneamente bonita.
Sorriu majestosamente e cumprimentou aos três rapazes e à outra moça dentro do carro.
Abriu a bolsa, tirou a mágica garrafa de água e entornou-a, tomando um bom gole, em seguida fazendo uma careta que demonstrava o gosto apetitoso e, simultaneamente, repulsivo, quente.
Passou a garrafa para trás e aumentou o som, fazendo o carro e as ruas estremecerem, tamborilando as mãos no porta-luvas.
Sábado à noite.

Ps.: e não é esse o bom de ainda ser jovem? (:
Natália Albertini.

5 comentários:

Lê Cami disse...

you, go, girl! Senti sua ansiedade. Sábado à noite começando quase de manhã, hein?!
Agradeço a visita no blog. Seja bem-vinda. Replico e passo a ser tb sua seguidora. Bons ventos.

Rafa. disse...

Opa... Valeu pelos elogios ao meu blog. Fico contente e sempre que quiser é só aparecer por lá.

Gostei do teu blog também, tem um ar diferente e textos verdadeiros, o que é difícil encontrar na mesmice de hoje.

E abrir o blog ao som de Motörhead é sempre uma boa pedida.

Até mais!

Clube do Filme disse...

Opa.. Belo texto!!..

O blog está muito bom.. Parabens!!..

Yorrana Barbosa disse...

Hum. Muito bom o texto .
O blog esta bem legal.
Quando eu tiver mais tempo irei ler os seus outros textos.

Yorrana B.

Rafa. disse...

Acho que tens que escrever mais por aqui.

:)