domingo, 30 de novembro de 2008

Outback

Um bar sofisticado, com taças, copos e bebidas diferenciados. Dois rapazes estrangeiros se divertindo com alguma observação do bartender. Um chopp para cada um deles. Dois tons de azuis, um em cada camisa. Uma alianças escondida em cada bolso traseiro das calças jeans. Dois olhares atentos, famintos e adúlteros sobre as moças do outro lado do bar.
Um casal por trás de uma mesa de madeira escura. Uma moça procurando algo atrativo no cardápio. Um rapaz, embora abraçado à moça, lançando um olhar lupino e infiel a uma jovem que passava no corredor ao lado com um shorts não muito comprido e de corpo atraente.
Uma senhorita esticando o pescoço por sobre o encosto do banco para olhar o atendente alto, de ombros largos, loiro e de olhos azuis que trajava um uniforme amarelo e limpava a mesa ao lado.
Juro que acho que eu realmente me apaixonei por ele...

Ps.: Hehe...besteiras avulsas.
Natália Albertini.

Um comentário:

Hacius disse...

Noss... muito foda... Fiquei sem achar sentido no começo. Mas aí comecei a entrar na descrição e até esqueci o por que do texto ser assim hehehe... Muito bom!!!