sábado, 6 de novembro de 2010

Constante Sorriso.

Ela prendeu os largos cabelos num coque, no topo da cabeça.
Vestiu os coturnos e amarrou-os.
Não seu olhou ao espelho.
O mundo a conheceria naquele dia.
E talvez depois não fosse o mesmo. Essa era a intenção.
Só abaixou a máscara de Fawkes sobre o rosto, abriu a porta e saiu recitando os versos daquele cinco de novembro.

Ps.: Dezembro já, já chega. Se estiverem sem ideias, aceito uma máscara do Fawkes como presente de bday! :D
Natália Albertini.

Um comentário:

Rafa. disse...

Às vezes é necessário é uma máscara de Fawkes.

Quando é teu aniversário?