terça-feira, 25 de maio de 2010

Sentiram

E atrás de todas as barracas, atrás da fogueira e até mesmo dos troncos, atrás das toalhas estendidas, atrás de todo o bosque, ali, escondidos, compartilharam o mesmo prazer.
Sentiram a grama úmida sob os pés descalços, as gotas de orvalho pingando das folhas acima em suas nucas, as sombras noturnas rodeando-os.
Sentiram.
O vento acariciava-lhes as cinturas.

Natália Albertini.

Um comentário:

* Luria Corrêa , disse...

ha , gostei do texto , Albertini sempre com pensamentos complexos. Gostei daqui flor, seguindo *-*

Beijos '