terça-feira, 23 de junho de 2009

Interrogação

E por vezes me pergunto se eu realmente deveria me perguntar.
E por vezes me pergunto se eu realmente deveria me preocupar.
E por vezes me pergunto se eu realmente deveria me importar.
E por vezes, acabo fingindo preocupação só para ver como me sinto.
E sempre continuo não sentindo nada.
Por vezes, até menos feliz do que se não tivesse me importado.
Portanto, não paro pra me perguntar certas coisas...
E por vezes me pergunto porque as pessoas se preocupam tanto assim...

(?!)

Natália Albertini.
Ps.: zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz...

Um comentário:

Gustavo Fialho disse...

ah, eu gostei mesmo. novidade.